https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
Ivan_tavares
Retorno
Retorno Minha alma sozinha Sem saber por onde andar Procurando o que eu não tinha Querendo te en...
Enviado por Ivan_tavares
em 24/03/2009 13:00:04
Offline
Ivan_tavares
Em seus braços
Eu estava longe, Mas, não tão distante, Eu ouvi o teu choro, Vim ao teu encontro E acabei me perd...
Enviado por Ivan_tavares
em 11/02/2009 16:45:05
Offline
Ivan_tavares
Estranho
Desejo de morte Desejo insano Azar ou sorte Certeza ou engano? Quem sabe o que? Que sabe onde? Q...
Enviado por Ivan_tavares
em 11/02/2009 16:42:12
Offline
Ivan_tavares
Tic, Tac
Tic, Tac... Bate, ocorre uma explosão Bate aqui dentro uma bomba Ou um coração Tic, Tac... Faz o...
Enviado por Ivan_tavares
em 30/01/2009 18:33:31
Offline
Ivan_tavares
Viva
Talvez as coisas, as pessoas e os planos de nossa vida não dão certo, não porque não o são, mas p...
Enviado por Ivan_tavares
em 30/01/2009 18:30:03
Offline
Ivan_tavares
Paixão Oculta
Cada sorriso seu É como se acendesse Centenas de estrelas no céu E uma aura envolvesse teu rosto...
Enviado por Ivan_tavares
em 27/01/2009 13:08:06
Offline
Ivan_tavares
Intimidade
Arquiteto minha própria solidão Em palavras perdidas Linhas desperdiçadas E buscas em vão Não te...
Enviado por Ivan_tavares
em 26/01/2009 13:12:23
Offline
Ivan_tavares
Paixão
Meus olhos buscam o teu E minhas palavras embaraçavam Não sabe o medo que me deu Quando meus sent...
Enviado por Ivan_tavares
em 22/01/2009 18:05:40
Offline
Ivan_tavares
Minha Poesia
A poesia e como a minha sombra Me ronda, me zomba Me persegue Me faz imaginar Enlouquecer, te am...
Enviado por Ivan_tavares
em 22/01/2009 17:13:21
Offline
Ivan_tavares
Seu Jogo
Sua voz cortando como navalha Fazendo minha alma em pedaços Criando mágoa e os espaços Para que h...
Enviado por Ivan_tavares
em 21/01/2009 14:17:31
Offline
Ivan_tavares
Acabou
Quando do você for Me diz pra onde devo ir Porque quando você sorri Você me faz chorar Como vou ...
Enviado por Ivan_tavares
em 21/01/2009 12:40:26
Offline
Ivan_tavares
Sentidos II
Eu ouvi o que os ouvidos não podiam ouvir Nas minhas noites mal dormidas Ouvi suave voz a me cham...
Enviado por Ivan_tavares
em 20/01/2009 17:58:13
Offline
Ivan_tavares
Saudade que sinto de você
A distância me maltrata E o tempo trata De passar mais devagar. Tudo parece tão vazio, Pedindo su...
Enviado por Ivan_tavares
em 20/01/2009 13:51:49
Offline
Ivan_tavares
Vida Nova
Versos rasgados Exatidão extrema, Futuro e passado Num mesmo poema. Quadra a quadra Linhas incer...
Enviado por Ivan_tavares
em 20/01/2009 13:20:58
Offline
Ivan_tavares
Depressão
Saiu a caminhar Sem saber mesmo para onde Saía à exmo Longe de tudo e de si mesmo Mas tinha a im...
Enviado por Ivan_tavares
em 19/01/2009 17:05:03
Offline
Ivan_tavares
Anjo Negro (Indíra)
Anjo Negro! Sorriso indecente, Corpo pequeno, Jeito carente E olhar sereno. Anjo Negro! Que faz ...
Enviado por Ivan_tavares
em 19/01/2009 13:36:15
Offline
Ivan_tavares
Noites de Solidão
Eu vindo de outro dia Com a sombra do adeus Outra noite sem alegria Sem ver os olhos nos teus O ...
Enviado por Ivan_tavares
em 19/01/2009 12:44:58
Offline
Ivan_tavares
Sentidos
As vezes é difícil compreender os acontecimentos ao meu redor, as pessoas, as suas atitudes, meu ...
Enviado por Ivan_tavares
em 15/01/2009 19:39:45
Offline
Ivan_tavares
Auto-retrato
Minha alma se iluminou E se encheu dos sonhos mais loucos Se transformando aos poucos No milagre...
Enviado por Ivan_tavares
em 15/01/2009 12:30:30
Offline
Ivan_tavares
Culpa
Minha calma foi embora Razões, motivos rasgados Tudo na mesma hora Tudo virando passado Porque s...
Enviado por Ivan_tavares
em 15/01/2009 12:02:46
(1) 2 »