é preciso navegar

Data 15/10/2009 11:49:45 | Tópico: Poemas

que faço com este cansaço,
co' este braço tão dorido?
onde ponho as minhas penas
meu pesar,tão sem sentido?

dou-o à terra e à gente
p'ra que seja semente
de uma estrada sem saída?
ou fico com ele presente
p'ra que me plante na mente
mais uma história de vida?

ou então deixo passar
o tempo do sofrimento
na esperança de sentir
um outro mais leve momento?

nada disso me conforta...
eu só quero abrir a porta
e o cansaço espantar
quero ser eu com alento
ter toda a força do vento
para no mar navegar.


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=102700