Ainda...

Data 20/10/2009 16:49:06 | Tópico: Textos

Isso não é um jogo. Nunca foi. Não vou cometer os mesmos erros do passado. Não vou me esvaziar de palavras sem sentido. Se hoje as lágrimas me mancham a página que tu marcaste de minha vida, é só porque eu decidi não fechar o livro, não enquanto houver um "ainda". E "ainda" que teus olhos não me possam ver agora, "ainda" que tuas mãos não possam tocar meu rosto, "ainda" que teus lábios não tenham se absorvido dos meus, "ainda" sei que sou teu, tão somente porque te amo... Ainda...


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=103691