Noite Estrelada

Data 25/07/2007 12:48:16 | Tópico: Poemas -> Esperança

Esta noite, o céu vai estar estrelado
Como no nosso primeiro encontro.
Vem, senta-te meu amado,
Partilhemos a alegria deste momento

<br />A lua já nasceu lá no alto
Seu reflexo beijando o mar.
Vem, meu amado, escutar
Minhas palavras (pois hoje não falto):

Eu sempre te amei
E, com carinho,
Te abracei e beijei.
Diz-me agora, nesta hora de comunhão,
Se por mim ainda bate o teu coração!

Espero que me digas com sinceridade
Se tu ainda me amas,
Pois as laranjas chamas
Da fogueira ardente
Estão a morrer para sempre.

Nesta hora, só te peço lealdade,
Imploro-te que me digas a verdade!
Estará ocupado o teu coração
Por outro amor, outra paixão?

Será que não há mais nada
Para este fogo alimentar?
Estará a fogueira condenada?
Estás pronto para o fim? Para acabar?

A noite, sua espera finaliza,
Dando, a um grandioso dia, o seu lugar
A lua e o sol já se estão a juntar
Lembrando a todos
Como o amor se forma e cristaliza.

Com a chegada deste dia
Termina um ciclo esgotante
Apenas começar de novo
(era o que queria)
Tentando ver o quão tola fui
Por te considerar meu amante

Fecha-se uma porta
Abrem-se outras tantas.
Pois é nestas andanças
Que se constrói o ser
E a sorte fazemos por merecer.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=12993