TU, FLORBELA!

Data 26/04/2010 16:34:23 | Tópico: Poemas

Viveste com muita mágoa, mulher liberal e com verdade,
mulher esperta e bonita, de quem nós temos saudade
Teus poemas e teus sonetos, nos contam teu sofrido viver,
quais as razões e os medos, que te fizeram um dia morrer.
Sonetos cantados e recitados, uma fama enorme atingiste,
quão corações feriste!
Muitos livros escritos e assinados,
beleza pura deixada,
Oh! Triste mulher amada!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=130076