A ALMA DO VENTO

Data 13/08/2010 22:23:39 | Tópico: Poemas



A ALMA DO VENTO

Por onde anda a alma do vento
Quando sopra rumo sul
Ao longe de meus pensamentos?

Em que recanto te escondes
Se não tocas minha fronte
Chamando-me a cantar?

Que não demores!
Retorna teu acalanto
Mesmo que em leve brisa...

Alisa meus cabelos, eriça pêlos
Fustiga meus lábios ao sorriso
Engasta-te em meus dentes
Dentre os frisos...

Resfria-me que seja,
Deixa-me doente!
Vem em ares benfazejos!
Tremula num beijo solene!

Inunda-me nos teus cheiros
Em fresca aragem ou bafejo,
Sopro, ventania ou furacão
Torna-te, em mim, perene!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=146109