vinho d'alma

Data 03/09/2010 12:10:34 | Tópico: Poemas

colhi um pingo de chuva
e pousei-o no teu rosto
desceu à boca era uva
gosto de ternura posto

deste-me tão doce beijo
vinho d'alma, rubro encanto
que hoje no teu ver me vejo
e muda a boca diz tanto



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=149292