Meu Amor

Data 12/05/2011 05:47:42 | Tópico: Poemas -> Amor


Hoje trazes amor,
onde o viver era saudade,
vou ser sempre sua menina
não sei viver sem meu amado.

Minha alma caminha
em matizes a sonhar
a tingir o verde das
campinas,
em doce abandono
deito-me em folhas
de outono.

Tarde de uma rubra
melancolia...
silêncio toma-me a alma
penso em seu olhar intenso
como um rubi lapidado.

Furtas-me a boca
num beijo apaixonado,
onde meu inquieto coração
treme ão sabor da emoção.

Sinto sua respiração,
amo esse seu jeito de menino
é aqui que mora a magia,
de todas as tardes de outono,
essa é a mais linda!!!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=185833