A BUSCAR-TE

Data 07/06/2011 21:08:38 | Tópico: Poemas -> Dedicatória

A BUSCAR-TE
(Jairo Nunes Bezerra)

Procurei-te sequioso por toda parte,
Até em longínqua região...
Sem saber, que disparate,
Oculta estavas em meu coração!

Daí (dele) os saltitares sempre presentes,
Na liberação de minhas saudades...
É que ocupando espaço, embora latente,
Atua na minha vivacidade!

E vivendo nova realidade,
Vigorante se expõe a minha felicidade,
Nos anoiteceres enluarados!

E nossos corações agora unidos,
Ocupando a cavidade de um espaço reduzido,
Vivem a calmaria dos benignos aventurados!





Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=188713