A Falta de Dar o Receber

Data 04/10/2011 13:39:06 | Tópico: Sonetos


A Falta de Dar o Receber



Atingir o bem, a beleza e a verdade
Num afeto mais verdadeiro e eterno
Compensa tesouros a reluzir o externo
Por sentir o valor daquelas entidades.

Céu e mar refletem cores da imunidade.
E no campo, as nuances do ser materno,
Acasalam no aconchego c'o ser paterno,
Se no mundo todo reina a fraternidade.

Não interessa a terra onde vai aportar,
Não há lembrança que arrefeça o calor
Da riqueza do texto, que a alma escreve

Em dádivas, ofertadas aos quereres. Dar
Não afeta a falta, que a tantos, hão de pôr
O que sobrar no tanto que, querer, deve.

Ibernise
Núcleo Temático Filosófico.
Barcelos (Portugal), 02OUT2011



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=200997