Amor, rima numa batalha de esgrima

Data 11/05/2013 04:26:06 | Tópico: Poemas

Tanto tempo para escrever
e sem nada para dizer,
a mensagem que vos quero transmitir
não vai ficar por ler.
Tomei gosto à rima, assim como um cozinheiro no
bolo mete lima,
olhando para baixo e para cima,
encontramos uma partida de esgrima,
dum sujeito qualquer que sem perceber
que a sua batalha estava a ser observada continuou,
na obstante de que o outro canalha embora com a espada estragada
quase que o matou.
Pois... Às tantas o jogo deixa de ser jogo
e sobe de patamar,
hoje somos amigos,
amanhã vamo-nos amar.
Mas isto de misturar amor e violência,
hoje em dia já não nos é estranho
onde neste mundo pára tanta eloquência
quem somos nós se não mais um rebanho?

Gustavo Rosa



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=247514