ILUSÃO

Data 18/05/2013 00:22:47 | Tópico: Poemas

Pássaros de sonho e de esperança
sulcaram o meu céu,
Segredando-me doces promessas.
Fiquei a olhá-los,atónito,
seguindo seu vôo caprichoso e eufórico,
até se perderem no limiar da noite.
Aguardei-os depois,
todas as jovens madrugadas,
Mas jámais regressaram em alguma delas.


A. Ruaz




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=247913