"[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".

Data 29/06/2013 16:32:39 | Tópico: Contos


"[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".

Um cão do mato,aguardava na espreita que um leão
terminasse sua refeição.Atrás de uma moita ficou
ali quieto por muito tempo.
O que se ouvia naquele momento era o som das
mandíbulas do felino saboreando sua suculenta
comida,e o ronco do intestino do cão faminto.
Já perto de terminar essa espera,o cão sem per-
ceber que ali bem junto dele encontrava-se uma
cobra que desferiu-lhe um bote vindo a picar-lhe.
Nesse golpe mortal,a dor era tanta,que o coitado
além de estar com fome,sofria o efeito do veneno
da peçonhenta que se manifestava através do seu corpo.
Começou então a gemer e uivar,de tantos sofrimentos juntos.
Chamou a atenção do rei das selvas,que se aproximou
daquele moribundo agonizando de dor.
Olhou firmemente para o cão por alguns segundos,
e perguntou-lhe o que havia acontecido.
O cão já meio que sem forças contou o ocorrido,e
também qual seria sua intenção se não tivesse
acontecido essa fatalidade.
Imediatamente o leão tomou uma iniciativa inusitada é claro.
Pegou em cima do golpe mortal que a rastejante tinha feito,
e abriu uma fenda com sua unha longa e afiada deixando
que o sangue escorresse até sair o veneno.
E deu certo,resolvendo aquele problema que,
certamente seria fatal para o pobre cão faminto.
E assim o leão arrastou o cão pra perto do que restava
da caça deixando-o lá e disse...
Fique à vontade pode matar sua fome sossegado agora.
E tem mais uma coisa ressaltou o leão...
Quando estiver cuidando de algo preste muita atenção
ao seu redor,nos pequenos animais e objetos,
pois é onde que surtem os grandes efeitos.
Palavras,gesto e conselho de rei!!!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=250770