Saudades

Data 09/08/2013 02:51:36 | Tópico: Poemas


Sinto saudade
De ver o entardecer, o sol se por.
Agora vejo a vaidade,
Ao escurecer, da lua se expor.

Saudades também tenho
Dessa cidade populosa,
E que cresce formosa
Mas visitar já mais não venho.

Tempo da minha infância,
Mamãe dizia: “Feliz dia das crianças!”
E esparramava seu amor como um presente,
Que deixava o resto do meu dia contente.

Pena, que pela saudade não passa,
E essa situação só embaraça
Ver o mundo a cada dia piorar mais,
Uma ação que nem todos sabem como se desfaz.

Então a saudade fica,
Já nem sei mais aonde a dor se aplica.
Sinto tudo dormente,
E para cada patada que levo, ando meio que catando os dentes.

- Alice in not wonderland


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=253383