Por onde andas, Portugal?

Data 26/08/2013 23:52:22 | Tópico: Poemas



Que puta de paz é esta
que deixa as bocas morrerem à fome
e o desespero entrelaçar-se
nos dentes caninos do medicamento adiado.
Um filho sem sopa…
…um pai abandonado e a morte lambe os pés
a mais um filho da puta que só dava trabalho.

Que puta de liberdade é esta
que se deita comigo na cama e fode-me
com austeridade as horas de ponto,
numa linha férrea onde me espera
o caminho incerto

Que nojo de gente é esta
que se esbanja em demagogias
dentro dos colarinhos de uma união
que se diz europeia
e nós…
Pagamos, pagamos
e pagamos ainda mais
para esta orgia valente e imortal
Que já não é de Portugal


Conceição Bernardino


Poema do meu 4º livro - Identidades



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=254274