"QUEM SABE"

Data 30/11/2013 19:15:11 | Tópico: Poemas

"QUEM SABE"

Quem sabe como seremos
como morreremos, como viveremos
Em busca da felicidade imaginada
Da imortalidade e do equilíbrio que sinaliza
O que é mais autêntico o sentimento
Nobre do ser humano.
É bom sabermos que fazemos parte
Desta teia maravilhosa
Que e a vida mesmo no meio da turbulência
Dos interesses das coisas fáceis, sem harmonia
Temos de aprender a perdoar, esquecer, viver,
Amar, sentir, pensar, educar e aprender a escutar
A vida é uma montanha com entardeceres
Riscos, momentos e sentimentos das estações do ano
Rios, mares, sombras, sem medo de tirar
As pedras do caminho, dos trilhos de fragas
De cometer os erros da vida.


MariaIsabelMoraisRF.
Isabel Morais Ribeiro Fonseca.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=259443