"RASTROS NA AREIA"

Data 09/12/2013 21:12:25 | Tópico: Mensagens -> Amor

Vestígios dos meus passos rastros
Onde o amor vive, insiste e resiste
Nesta areia fina da nossa existência
Os rastros apagam-se sem lembranças
Evaporadas sem saída, becos escondidos
Caminhos lúcidos sem relutância ou resistência
Trilhei um verso, uma prosa de uma flor
De uma rosa, orquídea, jasmim, perfumadas
Desfiz-me num maltrapilho de mim mesma
Transfigurei uma sombra refletida e sentida
Em tempo e afeição, desilusão num encanto
Sonho acordado aquarela aquecida do poeta
Que renove as dores da saudade, amor ou solidão
Vivendo de amores perdidos talvez no coração.



🌺
Isabel Morais Ribeiro Fonseca



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=259905