Paredes Brancas

Data 11/05/2014 22:29:24 | Tópico: Poemas -> Góticos


Paredes Brancas

Meus versos
meus pensamentos
negros
em noite de outono
eu os retiro e eu os ponho
é meu pesadelo
é meu sonho.

Exposta e fatiada, é tristeza
métricas, ritmos, alegorias
uma alma em plena ventania
fria com um toque de beleza.

Em uma casa destelhada
em terrível desalento
em meu berço que balança
eu ouço o vento
uma casa de sujas paredes brancas.

Alexandre



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=270136