A morte do sentimento

Data 16/07/2014 00:51:52 | Tópico: Poemas

nosso amor morreu
sepulto o sentimento
num cantinho do meu jardim
bem próximo das roseiras

junto enterro todas as palavras
até as que me sussurraste
ao ouvido em momentos de euforia.

sem lápide nem dedicatória,
somente a terra incauta que tudo absorve
sem perguntar o quê nem porquê

aqui ao lado jaz a vida.
refúgio inevitável
do portador desse sentimento soterrado.
aqui jaz o nada.

ana silvestre



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=274655