APLAUSOS

Data 22/07/2014 20:55:55 | Tópico: Poemas -> Amor

Anoitecendo, lá fora,
a lua despontava entre as nuvens
Pareciam flocos de algodão a bailar,
Um luar resplandecente
Cintilando toda imensidão. . .
O céu estrelado pontilhados...
De diamantes brilhando intensamente.
Que encanto a senhora lua
sedutora e fascinante,
Um convite para amar,
Ah! Se agora chegaste...
Amar-te-ia nesse clarão,
Ao som do vento
Uma sintonia eu, você,
O vento, a lua e as estrelas.
O vento ecoava com maestria
Parecia Saber que ali nos amaríamos.
Em meio ao clarão tu apareceste. Encontrei-te, felizes caminhamos...
O teu olhar sereno me despiu o teu perfume me consumiu.
Teus lábios quentes,
Beijos infindos... Carícias profundas
Corpos nus, ardendo de tanto amor!
O silêncio foi quebrado...
Pelos gemidos, aplausos, da lua e das estrelas!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=275170