Palavras para quem delas abusa!

Data 05/09/2014 16:46:16 | Tópico: Poemas

(Perdoem-me... não quero ninguém melindrar. Estimo todos e gosto de todos ajudar. Isto é apenas para quem a carapuça enfiar que gosta de no Facebook, nos Emails e outros meios, os outros esnobar...)
-----

Tão alto sopra o vento da ambição
Que enche a cabeça dos mais tolos
Que incham no ar da sua presunção
Presumindo-se ser mais que parolos

Pois que vivam com sua grandiosidade
Inflados de ar e no ar sempre a pavonear
Por mim vou apostar na vera humildade
Todos levem meus Poemas, sem pagar

Não se cria um poeta, nasce-se um…
Não se gaba uma vida, aprecia-se uma alma
Pode-se ter um grande historial, ou nenhum
Pois o que importa vem de dentro, não acalma

A postura vem depois na costura
Que nos cose ao discernimento
Chama-se a isso ter compostura
Ou educação… é o que eu tento

Ser desmazelado com as palavras
Sujando o nome dos outros no solo
Apenas mostra um pirata de aldrabas
Que de Poeta apenas usa o P, de Parolo

Desculpem a exaltação
Mas causa-me impressão
Ler e ver coisas tacanhas
De almas Poéticas tão piranhas

A impressão passa a asco
Ao ver esmagar no carrasco
Quem apenas quer escrever
Pois por isso ansia até morrer

Não foi com a minha pessoa
Mas doeu-me de modo igual
Transformar uma coisa boa
Num ato de castração animal

Quem nunca na vida teve uma recusa?
Imaginem outros de outros a gozar
Apenas porque não sabem Poetizar…???
Não deixem de sonhar, escrever e pensar
Que o vento inflado nesses presunçosos
Não sopra a raiva de serem eles os “Tinhosos”

Palavras para quem delas abusa…
Nunca se deixem por palavras abusar!




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=278054