Vida Que Segue

Data 09/01/2015 19:44:24 | Tópico: Poemas

Não alimento mais esperanças vazias
E aos poucos perdi a alma de menino
Sei que a vida não será mais com foi um dia
E por vezes sinto-me triste por isso
E sigo
Lutando apenas por um pouco de calma
Tentando não me perder pelo caminho
Perseguindo a constância
Equilibrando-me na corda bamba


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=285648