Última despedida

Data 05/07/2015 17:28:48 | Tópico: Poemas

Última despedida

Sozinha pequena insignificante
Com os olhos cheios de lágrimas saudosas
A alma encolhida dentro da decepção de uma vida inteira
E sensível sempre atenta à tua sombra onde quer que estejas
Ainda aguardo uma estrelinha reluzente lá no céu azul que possa dizer-me:
- “Espera que ele virá, ele ainda virá para te segurar nas mãos e te beijar antes de adormeceres”-
Depois poderei partir de consciência tranquila, porque nos despedimos sem equívocos.
Um dia eu saberei o que tu querias da vida e depois poderei sonhar com a vida que poderíamos ter tido.

Eureka, 01 de Julho de 2015




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=295814