Dentro de Nós Mesmos

Data 10/07/2015 22:59:05 | Tópico: Poemas

Buscando por um amor efetivo e ideal
Fui pelo mundo afora levando a viola,
Imitando o poeta das "Flores do Mal"
Levei meu sonhos e fantasias na sacola.

Crendo que o meu sentimento era leal...
Ah! O mundo é mesmo a melhor escola!
Como senti me tocar o dedo doído do real!
Virei um maltrapilho pedinte de esmola!

Assim são os homens e seus sonhos fugazes,
Esperam em outros recantos a tal felicidade
Procurando pelos amores, às cegas, a esmo...

Tudo na vida é fluído, efêmero feito os lilases
Que se dissipam ao despertar da nossa idade
E morremos (e o mundo) dentro de nós mesmos!




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=296099