o sab(or)er da lágrima

Data 08/07/2016 14:13:01 | Tópico: Poemas

Surge a lágrima redonda,
feitio que a mágoa tem;
Mas depois não se detem:
Provoca a queda e se alonga,
encurtando o que prolonga
assombros, donde provém

joana



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=311518