Entendimento.

Data 30/09/2016 12:52:11 | Tópico: Poemas -> Introspecção

a luz amarelada
(do cair da tarde)
adentra o quarto,
sem permissão,
finge tingir as paredes,
acomoda-se no leito,

o ar rarefeito
do começo da noite,
dá-me a impressão
que o dia acaba
em velas terminais,
tão sem pressa...

ritual,
as almas se recolhem,
as ruas se acalmam,
os pássaros
buscam repouso,
eu, o entendimento...

-----
autor: Cavenatti







Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=314796