A música pára a vida

Data 02/04/2018 16:53:02 | Tópico: Poemas





Música

Pára a vida, evidente que não
Mas que toca em nós quanto
Manhãs de sol frio é certo,

Mas só música certa e o deserto
Ao entardecer, de facto também
Param tão tanto quant'o vento

E o que eu sofro não tanto
Por ser humano, mas por ter
Dentro do peito, um coração

D'engano para a vida toda
E a música parecer eterna
Quando toca o meu ouvido,

O rosto e as mãos e me dá
Esperança, vida e só eu sinta,
Quando o coração bate incerto,

Por não haver depois, o resto é
Silêncio e calma, sensação
De bruma que passa e esquece

Tal musica que me acontece
Vidente que real nem sou,
Esqueço-me do que me faz

Esquecer, o súbito e o poente
Pra que sofra eu, não tanto
Quanto me toca o mudo cantar

Do mundo, como se cantasse
Alguém com forma de paisagem,
Que não nem nunca terei ...




Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com








Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=321173