O que mais gosto

Data 28/08/2017 13:16:40 | Tópico: Fados

Sobrancelhas como as tuas
difícil é havê-las
são laços de fitas pretas
a prender duas estrelas.

Os teus olhos cor da noite
trazem Céus enluarados
quando em noites pela rua
são cantados como fados.

As tuas mãos de silêncio
trazem nos gestos dois fados
são ninhos d'andorinhas
a chilrear nos silvados.

Teu passar inebriante
espalha ternura no ar
na tua voz trannsparece
uma guitarra a trinar.


Versos para a tia Kika Archer.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=327332