Verdade Simplista

Data 18/09/2017 23:00:05 | Tópico: Poemas

Tão linda,
É a tentação pela escuridão
Por isso, dê-me aqui a sua mão
Ajude-me a fugir dessa solidão

É tão perfeita,
Mas engana com lágrimas nos olhos,
Sorriso estridente,
E lábios com sabor de traição

Serpente,
Em corpo de gente, mãe da destruição
E minha alma, a ecoar no vazio
Dançando sem nenhum ritmo

Imutável mundo,
Adornada mentira,
Cegueira, preguiça e acomodação
Verdade simplista,
Família, amor e união


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=328227