poemas minimalistas, ou quase, e uma frase solta no ar.

Data 04/08/2018 04:03:11 | Tópico: Poemas

***************
*********
*****


poemas minimalistas, ou quase, e uma frase solta no ar.


***


fome.

mil talheres
só um bife na mesa
o despertar animalesco

***

talvez sim, talvez não...


a casa do
casado
acaso
aprisiona
a felicidade

***

perigo a se evitar


o pinto pia na pia cheia
se der uma de pato
será mais um no anonimato
__
mente besta
mundo ingrato

***

a alpinista

a perereca
grudada na parede fria azulejada
...
um tapa
uma vassourada

e ela morreu
desafiando seus limites

***

vinhos

sorvo o vinho seco
na seca nordestina

pra ter a desculpa
que por falta d'água
encho a cara
ao som de Luiz Gonzaga

***

do trabalho.

o homem só morre
o socorre quem
só corre do além


***

uma frase solta no ar


"nenhum esforço é em vão quando há amor"

NA - ( um bom título de poesia!)













Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=338089