Hasta el final del mundo

Data 05/06/2019 03:19:26 | Tópico: Poemas -> Amor

Guerras que ficaram em tempos distantes
Em que por vezes errei num ou outro segundo
Se nada em mim é como dantes
Por um belo sorriso vou até ao fim do mundo

Acredita que vou
Mesmo que não saiba o rota
Se nem sei onde estou
Mas vou a pé, de carro ou de mota

A forma de ir não é de todo o mais importante
Quando ainda vagueamos por este mundo
Se és "comédia" eu sou comediante
E por um belo sorriso vou até ao fim do mundo

Se és fogo ardente
Então virarei bombeiro
Eu sou um "relógio" um pouco contraproducente
E tu, o meu mestre relojoeiro

Por vezes, com meus pensares fico imundo
E por vezes sou um pouco vagabundo
Mas acredita que pelo teu belo sorriso vou até ao fim do mundo!


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=344082