Nos teus olhos nítidos

Data 08/08/2019 18:20:19 | Tópico: Poemas

Caminhavas lentamente por entre os anseios
de chegar a casa
e a tua voz fechada chorava o teu país de silêncios.

Recolhes ciclos de espera
ainda não é a hora
tu sabes
de acertares a dança do relógio
pelo inquieto movimento da utopia.

Ainda há portas coladas ao chão
tu sabes
dói a ausência do sol
cá fora
e as sombras soltam-se devagar
do sonho que ainda não sabe o lugar
para onde vai.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=344908