Queria Que Entendesse

Data 03/10/2020 20:32:16 | Tópico: Poemas


Queria que entendesse, minha querida,
Que aquilo que edifica também consome
Que o homem é o lobo do homem
E que da vida só se leva a vida que se leva

É sabido que quem acerta também erra
Que o bem da vida qualquer um pode tirar
Por isso quando um poema é uma merda
Não há necessidade nenhuma de falar...

Por isso fazer o bem sem olhar a quem
Deve se evitar os atritos com os inimigos
Olhar ao redor sem mirar no próprio umbigo
Escrever um livro, fazer um filho, plantar também...

Nunca se esqueça das palavras do Salvador
Perdoa que eles não sabem o que é verdadeiro
Aquele sim era o fundador do mais bonito amor
E por isso foi crucificado num maciço madeiro...

Queria que entendesse l,minha querida,
Que o bem é algo que não é difícil de parir
Que há apenas uma porta para entrada da vida
E vários são os portões para da vida... sair!




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=353295