BÁRBARA

Data 31/08/2021 15:34:37 | Tópico: Poemas -> Amizade

Olhávamos a chuva cair
Todo um tempo passar e escoar
O mundo se inundar e acabar...
E a gente nos mantendo a sorrir!
Chuva que embaçava a janela
Assim como as das outras casas.
Deixa poças fundas e rasas
E também respingava nela!

Deixávamos a chuva cair
Aquela bonança se chegar
E aquela infância nunca passar
Em nublada noite nos luzir!
Chuva que me pôs perto dela
Molhou um cupido e suas asas
Com seus temporais tudo arrasas
Menos tais lembranças com ela!

*MAIS DE MIM EM:
https://gustavoreymond.blogspot.com/?zx=ef2af7fa08f9e7dc


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=358703