Gasto o corpo

Data 05/07/2008 17:11:29 | Tópico: Poemas -> Amor

Gasto o corpo

Gasto o corpo
em desejos não consumados.
Adormeço no colo do esquecimento,
esperando, quiçá,
nova avalanche de emoções...
despertando em mim.

Refugiar-me-ei então…
no peito da lascívia.
Para aí, morrer de prazer.


Lucibei



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=43044