VÉU DO CÉU

Data 13/10/2008 21:12:48 | Tópico: Poemas -> Amor

Apago o sol sem aviso,
Ilumino a noite com um sorriso
Troco nuvens por um segundo
Sinto-me dono do mundo.

Corro pelas florestas
Deslizo pelos abismos,
Ando á toa sem parar
E nem o vento deixo passar.

Tempestade de sonhos amarrados,
Em águas de um tempo perdido.
Tufão de pensamentos sonhados
Motor de um coração oferecido.

É assim que vivo…
No véu de um céu caído
Onde anseio sempre ficar,
Com a estrela que roubei ao luar.

Oh, aventura abençoada,
Pela procura do saber
Se ficarei contigo para sempre…
Ou apenas até morrer.


pedro V.S.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=56674