A todos os filhos

Data 24/02/2009 01:12:04 | Tópico: Homenagens

Filho tem som de música. Filho tem dose extra de amor - que se dá e que se recebe.
Filho é paz que se materializa, é dor que não dói, é sono que recupera, é canção que acalenta.
Ah!... filhos... Filhos do bem querer; do copo d’água de madrugada; do cheirinho de bebê; das escapadas; do pedido de desculpas meio tímido, quase escondido; do desodorante que disfarça os hormônios; da primeira bicicleta.
Filhos adolescentes, aborrecentes... e tão amados!
Filhos do primeiro amor, do segundo amor, de todos os amores... Filho que é só amor.
Filhos que ouvem história, filhos que têm história. Filhos pequenos, filhos de grande vida.
Filhos de cores, filhos de pensamentos, de medos e segredos. Filhos de vontades e sonhos. De memórias, de tristeza, de gargalhadas e curas.
Filhos distantes, mas tão dentro de nós.
Amo-te, FILHO MEU.


Escrito em 15/04/2008
Imagem: internet



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=71911