Longe....

Data 18/05/2007 21:27:28 | Tópico: Acrósticos

Fico longe do tempo...

que me deu o alento

querendo alcançar

tudo o que em mim

existia para sonhar...


Sinto o efeito marcante

que ressalta o voo da caminhada

voando... querendo... imaginando

uma quimera... um alento... um encanto...


Não há mai sinal do tempo

que atravessou o olhar perdido

no horizonte revestido

com bolhas de água azulada

foram tocado... imaginados... por uma fada...


Fico longe do momento

do silêncio e da madrugada

sinto um fervor... sinto-me aluada.

Entre o tudo e o nada,

não fui mais que uma alma acorrentada...

Sinto o efeito da Esperança

velhas memórias... velhas glórias

sorrisos abertos.. .mentes inquietas

sossegam despertas... mas incompletas...


No fundo do abismo

revi momentos abstractos

são agora, momentos passados

que de mim fugiram...maltratados...


Fico longe do tempo

com a certeza que me alimenta

talvez uma dádiva... uma esperança

quem sabe mesmo... a Confiança!



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=7783