A mim meiguice?

Data 21/06/2009 01:17:30 | Tópico: Poemas

Mas que estultice
Melhor prestar atenção
Em minha amarguice

Palavras doces decerto não as mereço
Delas nem saberia o preço
Meu olhar não é macio divagante
Antes meio dilacerante conflitante flamejante

Meu apreço?
Meu berço?
É a dor desmedida sentida
É o que levo no peito

É meu coração
A mim me levando
Meu senhor
Meu guia
Meu horror meu esplendor

Meu coração que me pulsa pela minha vida
Minha vida!
Minha tão grande vida!
Desmedida sentida vida!
Inexplicável e querida vida!

Katia



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=87770