O Poeta(inédito)

Data 19/08/2009 19:30:39 | Tópico: Poemas

O poeta fala do amor.

Não compreende a guerra, a fome, e a miséria

humanas.

O poeta alerta para o racismo e ostracismo,

falta de ética e equidade.

O poeta sabe que a história da humanidade

foi escrita a sangue,

nos rochedos das montanhas

e areias do deserto.

O poeta não vira a cara à tirania,

e à hipocrisia farisaica.

O poeta fica e carrega o fardo da ignorância,

que de ignóbil rasga, e fere a carne.

A palavra é a sua arma, que esgrime com mestria e zelo.

O poeta se cai na refrega, levanta-se com denodo.

O poeta é um observador crítico, um amigo inato.



Neno





Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=95337