Carta 12

Data 26/08/2009 22:53:11 | Tópico: Mensagens -> Amor

De um galho da macieira, a procurar-te por todos os lados.

Ma Jolie,

Vivo agora nos mais insanos pesadelos meus quando ao abrir este livro, a minha carta de ontem encontrei. Estava aqui, na mesma página. Minhas mãos trêmulas de espanto, não conseguiram detectar se havia nela algum traço de que tinha sido acolhida por ti. Não sei por quem me tomas, se acaso lestes àquelas outras linhas, mas, por Deus, por todos os Santos, acalma-te aqui esses meus prantos, que saem da alma para me endoidecer!

Não sei o que houve, que tu não vieste. Não sei se a ti pareci um covarde. Mas, por favor, não julgues ainda, não digas que tudo não passou de inverdade. Rogo-te com a minha mais devota clemência, me mande notícias que apiede este meu coração. Se a ti não te importas o que trago comigo, que seja meu o castigo de pedir-te perdão. Ma Jolie, não me calo ainda; teu amor para mim é uma chama volátil, da qual eu nem tento desviar. Não te percebes como fico nesta tarde infinda, sem ter a ti para meus olhos amar?

Sei que deixei perguntas suspensas. Tuas respostas, dá-las-ei todas, mas, por favor, de mim não te esqueças, que dessas cores meu coração não ousa pintar. Olha-me nos teus olhos, ma Jolie, veja meu nome num incompleto esboçar, mas não me permita achar que em apenas um dia, tu assim me deixaste de amar.

Fecho agora este livro intacto, com mais uma carta secreta minha. Por favor, reconsidere todos os fatos. E, se mesmo assim achares que a ti não mereço, ignores tudo, as palavras de outrora, de agora, o doce carinho que te fiz sentir, os meus olhos que teimam em te seguir, minha mente arredia a te desejar todo dia, meus lábios que se consomem quando digo teu nome, meu sorriso inesperado, de canto, de lado, minhas lágrimas proibitivas, secretas, furtivas... Só não te esqueças nem por um frustro segundo, do quanto eu te amo, mais que tudo no mundo, e, de que para sempre será assim: não importa o que digam, o que pensem, o que falem, só o teu coração é importante para mim.

Beijos febris.

Deste teu mais completo desesperado,

Secret Passionné



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=96408