O amor entre fadas e homens está condenado ao insucesso!

Data 31/08/2009 16:21:07 | Tópico: Poemas -> Reflexão

Dançava num circulo de folhas e surgiu-me um Elfo. A noite trazia lua cheia. E como rezam as lendas, para que não fugisse bastou-me soletrar um desejo para ser atendida. Enquanto as restantes Fadas, bailavam soltas e graciosas, apareci junto à lagoa onde o homem lavava um cavalo, tal e qual como Fada que aparece ao herói perdido que não resiste a esquecer outras paixões terrenas e se entrega à paixão de corpo e alma. Apaixonado pelo fascínio mantém um ar inexplicável, oferece diamantes num pedido de casamento, e sem saber que ambos pertencem a mundos diferentes onde os encontros apenas se realizam entre as fronteiras, o homem coloca toda a fidelidade à prova, numa paixão sem sucesso! A Fada tem regras simples e o homem, entende isso como caprichos, acaba por não dar a devida atenção e quebra seu juramento, perde para sempre o amor da Fada, deixa de fazer parte do reino, abre a porta dos encantos e volta a ser um pequeno mortal a vaguear no mundo como alma penada até morrer de nostalgia e tristeza. A Fada desaparece e o homem fica entregue à sua sorte. Além das Fadas que buscam o amor dos homens, também há os Elfos que buscam o amor das mulheres de carne e osso! Vê-se nitidamente no jovem de olhos negros, que seduz as mulheres solitárias no cair da noite, com suas palavras. Pobres são as mulheres que se deixam abraçar por eles, pois acabam por morrer, depois que eles saciam suas carícias. Também existe, aquele que se vinga cruamente de uma mortal que lhe tinha jurado amor. O Elfo desaparece por sete anos, cansada da espera encontra outro amor, depois ele volta e faz de tudo para a seduzir de novo e foge com ela no vento mágico, mas aí vem a tempestade e o amor afunda-se e morrem! Os Elfos nem sempre são jovens, aparecem com alguma deformação física, uns com barriga, outros de pés tortos e outros estrábicos.




No amor entre Fadas e homens, Elfos e mulheres, está sempre presente a tragédia pelo insucesso ao amor entre dois mundos diferentes! Estes são os espíritos da natureza!


Quando o amor fica eterno, é quando ambos pertencem ao mesmo universo!

Texto reflexão, elaborado numa pesquisa de Fadas e Elfos. Dois seres incrivelmente brincalhões, sensíveis e apaixonados em busca do amor, despertam paixões arrebatadoras e a atracção torna-se mútua e irresistível, mas sempre podemos escapar desse amor louco!




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=97125