https://www.poetris.com/
Luis R. Santos (Aquazulis) : Poeta Imortal
em 28/06/2016 20:23:26 (640 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

O poeta esculpe versos a sonhar,
Como se a pena, cinzel de precisão,
Tivesse uma alma própria, um coração
E uma percepção nata para criar!

Versos talhados em amor ou paixão,
Saudade ou solidão, no brilho de um olhar...
Alguns encantam, outros fazem chorar,
Mas são todos criados com devoção!

Quando o poeta morre, não morre o verso!
Esse vive nos pulmões do Universo
E é soprado no rosto de uma criança!

Assim vive um poeta que faleceu:
Sua alma inspirada cintila no céu,
O verso canta nos lábios da lembrança!

Aquazulis (Luís Santos 27/7/10)


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 28/06/2016 20:27  Atualizado: 28/06/2016 20:30
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Poeta Imortal
Encontrei estes versos no google, num blog : http://siby46.blogspot.com.br/2013/07/poeta-imortal.html


"Quando o poeta morre, não morre o verso!
Esse vive nos pulmões do Universo
E é soprado no rosto de uma criança!"


Sem mais...


*Para enviar textos, precisa fazer o login do site, clique em cima da palavra "clássicos" e "enviar texto", aparecerá a caixa de envio. A moderação libera o texto.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 02/07/2016 01:47  Atualizado: 02/07/2016 01:47
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: Poeta Imortal
"Assim vive um poeta que faleceu:
Sua alma inspirada cintila no céu,
O verso canta nos lábios da lembrança!"

E assim você viverá para sempre nos nossos corações e nas letras que te tornaram imortal, querido Luís. Saudades, mano velho!

Links patrocinados

Visite também...