https://www.poetris.com/
Luis R. Santos (Aquazulis) : um estranho capricho
em 30/06/2016 02:21:29 (652 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

~~
lembro-me de ti e nem sequer me sinto só, ou triste, ou pobre de amor!
és presença, mas vulto aos abraços que há muito recolhi,
velas dobradas em águas de ociosos ventos.
não importa que tenhas ido com a maré de um tempo veleiro.
contudo, a memória ficou. nela crescem algas e criaturas marinhas fincam-se-lhe para lhe dar a tua forma.
não é saudade que sinto. talvez um estranho capricho!
é, talvez, a vontade súbita de me lembrar de ti!

Luís R Santos


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 02/07/2016 01:38  Atualizado: 02/07/2016 01:38
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: um estranho capricho
Sempre iremos lembrar de ti, Poeta Maior! Sempre!

Links patrocinados

Visite também...