https://www.poetris.com/
Luis R. Santos (Aquazulis) : Paixão
em 02/07/2016 02:58:18 (755 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

Aqui me tens, todo alma e coração,
Andei tanto, dos confins do deserto,
Para contemplar teus olhos de perto,
Para beijar o cetim da tua mão.

Trago ainda resquícios da solidão,
De quando deambulei por rumo incerto,
E trago o corpo de chagas coberto,
Os pés doridos gritam de aflição.

Mas, ao ver-te, tão terna e tão bondosa
E transformada em pétala de rosa,
Esvai-se em prazer o atroz sofrimento.

Embriagado pelo olor do teu beijo,
Entre as pétalas rubras do desejo,
Canto aos céus a paixão deste momento.

(Luís R Santos 7/3/11)


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 02/07/2016 02:59  Atualizado: 02/07/2016 02:59
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2087
 Re: Paixão
Como evitar os sofrimentos do coração? (pergunta Luis)

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 23/08/2016 20:43  Atualizado: 23/08/2016 20:43
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1320
 Re: Paixão
A cura de todos os males...
Das chagas, dos sofrimentos...
Vivam os momentos de paixão que ultrapassam o invoo e nos pensamentos nos transcendemos.

Saudades
Camarada

Links patrocinados

Visite também...