Luis R. Santos (Aquazulis) : A Tentação do Diabo
em 02/07/2016 03:07:21 (369 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

Num cálice de emoção verti ciúme
E, embora amargo, sorvi com avidez
Até à última gota de embriaguez,
Tombei no chão de vômito e azedume.

Lacerei os pulsos com afiado gume
E sangrei furor, qual vil morbidez!
Fluiu o remorso, culpado talvez
Por mergulhar corações em negrume.

Ergui-me, ainda débil, vacilante,
No espelho da alma contemplei o semblante
De um homem pelo Diabo tentado.

Estilhacei o espelho em mil fragmentos,
Carne e sangue projectei aos sete ventos,
Matei o ciúme e fiquei desfigurado.

(Luís R Santos 23/10/10)


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 02/07/2016 03:08  Atualizado: 02/07/2016 03:08
Administradora
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2085
 Re: A Tentação do Diabo
Existe cura para os ciúmes doentios? (pergunta Luis)

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 02/07/2016 15:01  Atualizado: 02/07/2016 15:01
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 11462
 Re: A Tentação do Diabo
"Matei o ciúmes e fiquei desfigurado..." era um verdadeiro poeta. Que prazer poder ter partilhado e compartilhado poemas e poesias com uma pessoa assim.

Links patrocinados

Visite também...