https://www.poetris.com/
Luis R. Santos (Aquazulis) : raízes proibidas
em 22/02/2017 14:16:55 (306 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

~

a sensação de amor que em mim cresce brota de raizes proibidas
e vai por caule profano
à boca de um sorriso a florescer.
ela, bela, por quem roubo; ela, musa, por quem minto, seduz
com olhar de paisagens lilases.
os seus pulsos de sangue borbulham vontades.
são negligentes os nylons que a velam. desfiam-se
entre os meus dedos maganos.
e mordo
mordo o seu nome por não poder cantá-lo.


~

Luís R Santos


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/03/2017 19:12  Atualizado: 14/03/2017 19:12
 Re: raízes proibidas
Uma declaração de amor magnifica!
Sinto falta dos seus poemas.
Você se foi tão cedo!
Até qualquer dia.
Paz.

Links patrocinados

Visite também...