https://www.poetris.com/
Luis R. Santos (Aquazulis) : raízes proibidas
em 22/02/2017 14:16:55 (367 leituras)
Luis R. Santos (Aquazulis)

~

a sensação de amor que em mim cresce brota de raizes proibidas
e vai por caule profano
à boca de um sorriso a florescer.
ela, bela, por quem roubo; ela, musa, por quem minto, seduz
com olhar de paisagens lilases.
os seus pulsos de sangue borbulham vontades.
são negligentes os nylons que a velam. desfiam-se
entre os meus dedos maganos.
e mordo
mordo o seu nome por não poder cantá-lo.


~

Luís R Santos


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/03/2017 19:12  Atualizado: 14/03/2017 19:12
 Re: raízes proibidas
Uma declaração de amor magnifica!
Sinto falta dos seus poemas.
Você se foi tão cedo!
Até qualquer dia.
Paz.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 04/07/2017 18:59  Atualizado: 04/07/2017 18:59
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12298
 Re: raízes proibidas
Sensação raiz que brota pelo corpo até florescer na boca!... Ah, poeta! Que bom que deixou um pouco de ti entre nós! Esteja em paz aonde estiver!

Links patrocinados

Visite também...