Vida e Obra

Publicado em 08/06/2011 17:00:00 | Tópico: Agatha Christie

Senhoras e senhores a escritora e Dama dos Mistérios:

Agatha Christie


Dame Agatha Mary Clarissa Mallowan (Torquay, 15 de Setembro de 1890 — Wallingford, 12 de Janeiro de 1976), mundialmente conhecida como Agatha Christie, foi uma romancista policial britânica, autora de mais de oitenta livros. Seus livros são dos mais traduzidos de todo o planeta, superados apenas pela Bíblia e pelas obras de Shakespeare, com mais de 4 bilhões de cópias vendidas em diversas línguas.

Conhecida como Duquesa da Morte, Rainha do Crime, dentre outros títulos, criou os famosos personagens Hercule Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence Beresford e Parker Pyne, entre outros. Agatha Christie escreveu também sobre o pseudônimo de Mary Westmacott.

Agatha Mary Clarissa Miller nasceu em 15 de Setembro de 1890, na costa de Devon, na cidade de Torquay, sendo a terceira filha de um rico americano. Os seus livros venderam centenas de milhões de cópias em inglês, além de mais algumas centenas de milhões em línguas estrangeiras, totalizando mais de 4 bilhões. Ela é a autora mais publicada de todos os tempos em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare. Ela é a autora de oitenta romances policiais e coleções de pequenas histórias, 19 peças e seis romances escritos sob o nome de Mary Westmacott. Agatha Christie foi pioneira ao fazer com que os desfechos de seus livros fossem extremamente impressionantes e inesperados, sendo praticamente impossível ao leitor descobrir quem é o assassino.

Agatha Christie foi educada em casa até seus 16 anos, quando foi para uma escola de aperfeiçoamento em Paris, onde se destacou como cantora e pianista. Casou-se pela primeira vez em 1914, com o Coronel Archibald Christie, piloto do Corpo Real de Aviadores. O casal teve uma única filha, Rosalind.

Enquanto o marido esteve na Primeira Guerra Mundial, Agatha trabalhou em um hospital e em uma farmácia, funções que influenciaram seu trabalho: muitos dos assassinatos em seus livros foram cometidos com o uso de veneno.

Começou a escrever The Mysterious Affair at Styles em 1916, e o livro foi publicado em 1920 pela editora Bodley Head vendendo cerca de 2.000 cópias, após ser rejeitado por 6 editoras. Em seguida vieram The Secret Adversary, The Murder on the Links, The Man in the Brown Suit, Poirot Investigates e The Secret of Chimneys. Mas o sucesso veio em 1926 com a publicação de The Murder of Roger Ackroyd, que vendeu 5.000 cópias.


O Desaparecimento

O lago Silent Pool onde o carro da autora foi encontrado.
Em 3 de Dezembro de 1926, seu marido Archie revela que está apaixonado por por outra mulher, Nancy Neele, e quer o divórcio, e então deixa a esposa, para passar um fim de semana com a amante e alguns amigos em Godalming, Surrey. Após chegar em casa e não encontrar o marido, Agatha abandonou a casa em Styles por volta das 21h45 daquela noite com uma pequena mala. Na manhã do dia 4 de Dezembro seu carro foi encontrado em um barranco no lago de Silent Pool em Newlands Corner, com os faróis acesos. Dentro do Morris Cowley verde foram deixados um casaco de pele, a sua mala e uma carteira de motorista vencida. O desaparecimento da autora se tornou notícia em Surrey quando a polícia local publicou um relatório de pessoas desaparecidas, e passou-se a oferecer £100 para quem tivesse qualquer informação sobre a autora. Aviões, mergulhadores e escoteiros buscavam por Agatha - ao todo a busca teve a ajuda de 15.000 voluntários.

Várias informações foram acrescentadas à história do desaparecimento da autora, no livro The World of Agatha Christie. Martin Fido diz que na semana de seu desaparecimento Agatha deixou uma carta para Carlo Fisher, sua secretária pedindo para cancelar uma hospedagem em Yorkshire. Segundo Martin, a autora escreveu também uma carta ao marido fazendo-lhe duras críticas. Ainda no sábado, antes da descoberta do carro da autora, ela havia escrito uma carta a Campbell Christie, de Londres, dizendo que iria para Yorkshire, mas a carta foi perdida antes que Campbell pudesse lê-la. Uma nota também foi escrita para o vice-chefe de polícia de Surrey(ainda antes de encontrar-se o carro de Agatha), informando que Archie temia por sua segurança

Agatha Christie estava desaparecida há 11 dias, desde que seu carro havia sido encontrado no lago Silent Pool, e estava sendo procurada por aviões(foi a primeira vez que se usou aviões para buscar algum desaparecido na Inglaterra), quando a polícia soube que ela estava no Hydropathic Hotel (hoje Old Swan Hotel), em Harrogate. Agatha chegou lá de táxi no dia 4 de Dezembro levando consigo apenas uma mala.

A autora estava hospedada sobre o nome de Teresa Neele (o mesmo sobrenome da amante de seu marido), e dizia ser da Cidade do Cabo, e explicou que era uma mãe de luto pela morte de seu filho. No hotel Agatha foi vista dançando, jogando bridge, fazendo palavras cruzadas e lendo jornais. Curiosamente, a autora deixou um anúncio no The Times dizendo que Teresa Neele procura parentes e amigos da África do Sul. A autora foi reconhecida no hotel pelo músico Bob Sanders Tappin que reivindicou a recompensa de £100. Sanders disse que se dirigiu a autora como "Mrs. Christie" e que essa respondeu-lhe, mas disse que estava sofrendo de amnésia. Agatha foi encontrada pela polícia no dia 19 de Dezembro

Controvérsia

Várias teorias foram criadas para explicar o falso desaparecimento da autora, algumas pessoas defendem que o escândalo foi um golpe publicitário para aumentar a venda de seus livros (The Murder of Roger Ackroyd lançado semanas antes do desaparecimento, continuava na lista de best-sellers), outras que a intenção da autora era apenas se vingar de Archibald, simulando sua morte para que o marido fosse acusado de assassiná-la, e finalmente há os que dizem que a autora realmente sofreu um acidente de carro e perdeu a memória.

Embora em seus livros autobiográficos não haja quase nenhuma informação sobre o episódio de seu desaparecimento, acredita-se que, em "O Retrato", publicado sob o nome de Mary Westmacott, Agatha conte muito da sua história através da personagem Celia, que pensa em suicídio após ser abandonada pelo marido.

Em 1927 Agatha voltou a escrever, com a publicação de The Big Four, protagonizado por Hercule Poirot. Mesmo após o escândalo de seu desaparecimento, Agatha só se separou de Archibald em 1928, dois anos após o incidente. No outono do mesmo ano, o arqueólogo britânico Leonard Woolley convidou Agatha para o Oriente Médio, onde estava no comando de escavações em Ur. No ano seguinte Agatha voltou a Ur, onde conheceu o jovem assistente de Woolley, Max Mollowan (14 anos mais jovem que Agatha), com quem se casou em 1930. A autora manteve seu nome como Agatha Christie porque assim estava celebrizada entre os seus leitores, mas em sua vida particular era chamada de Mrs. Mallowan. Com o marido, Agatha viajou por todo o mundo, fazendo escavações e tomando conhecimentos sobre arqueologia, e escreveu um livro sobre a experiência, Come, Tell Me How You Live. O casamento com Mallowan duraria até a morte da escritora. Sua única filha, Rosalind casou-se no início da Segunda Guerra Mundial, e em 1943 teve um filho, Mathew Prichard, o único neto de Agatha Christie.

Em 1971, Agatha tornou-se dama do império britânico. O último livro protagonizado por Hercule Poirot, Curtain (escrito nos anos 40), foi publicado em Dezembro de 1975, porque Agatha já não se sentia disposta a escrever. A autora veio a falecer 2 meses depois, em 12 de Janeiro de 1976, por conta de uma pneumonia. Já o último livro de Miss Marple, Sleeping Murder(também escrito nos anos 40) foi publicado em Outubro de 1976.

Ao contrário dos irmãos, Agatha nunca teve chance de frequentar a escola pública, e foi educada pela mãe, num ambiente quase recluso onde Agatha interessou-se pela música clássica e sonhava em ser cantora lírica. Agatha chegou até mesmo a estudar música em Paris. Em sua infância, também através da mãe, teve o primeiro contato com a literatura.

Em seus 56 anos de carreira Agatha escreveu mais de 80 livros, fora as várias peças teatrais e adaptações cinematográficas e televisivas de suas obras, protagonizadas por Hercule Poirot, o detetive belga popularizado pelo uso de suas células cinzentas, e Miss Marple, a solteirona, que observando a natureza humana pode solucionar os mais obscuros mistérios.

Hercule Poirot

Pouco antes da Segunda Guerra Mundial eclodir, Agatha iniciava sua carreira literária com The Mysterious Affair at Styles. Uma das suas principais dificuldades foi criar o detetive, para isso a jovem autora inspirou-se em um belga que estava hospedado em Torquay, e criou Hercule Poirot um detetive de 1,60m, que resolve seus casos usando as células cinzentas, e que é muitas vezes comparado a Sherlock Holmes.

Principais obras

O Assassinato de Roger Ackroyd

Em 1926, após uma média de um livro por ano, Agatha Christie escreveu a sua obra-prima: O Assassinato de Roger Ackroyd. Este foi o primeiro dos seus livros a ser publicado pela editora Collins, e marcou o início de um relacionamento autor-editor que durou 50 anos e 70 livros. O Assassinato de Roger Ackroyd também foi o primeiro dos livros de Agatha Christie a ser dramatizado – sob o nome de Álibi – e a fazer sucesso no West End de Londres. A Ratoeira, a sua peça mais famosa, estreou em 1952 e é a peça de maior duração em cartaz da história. Ainda é encenada, no mesmo teatro de Londres, desde então. Somente no ano de sua publicação em 1926, vendeu 5.000 edições, e chamou a atenção por ser muito diferente de qualquer outro romance policial. [5]

Assassinato no Expresso do Oriente

Murder on the Orient Express(Assassinato no Expresso do Oriente) foi publicado em 1934, considerado um dos maiores sucessos da autora, inspirando diversos filmes e peças teatrais, apenas no ano de sua publicação vendeu 3 milhões de livros, sendo no quesito vendas o livro mais bem-sucedido de Agatha, tendo também revolucionado os romances policiais, por conta de seu final dramático, e de seu enredo diferente, é considerado também o maior caso da carreira de Poirot e o magnum-opus de Agatha. [5]

O Caso dos Dez Negrinhos

Um dos seus livros mais famosos, O Caso dos Dez Negrinhos (no original em inglês, Ten Little Niggers) - cujo título se baseia numa cantiga infantil tradicional da Inglaterra - causou muita polêmica na época em que foi publicado nos Estados Unidos devido a preocupações com acusações de racismo; por esse motivo, edições mais recentes receberam o título And Then There Were None (E Não Sobrou Nenhum).

Cai o pano

O livro "Cai o Pano", narrando a última aventura de Hercule Poirot, foi publicado um pouco antes da sua morte. Agatha disse, quando publicou a história, que preferia matar o seu personagem mais famoso para evitar publicações que ela não aprovaria, após a sua morte. Tanto "Cai o Pano" como "Um Crime Adormecido", o último livro da personagem Miss Marple, haviam sido escritos na década de 1940, devido à preocupação da autora em não sobreviver à Segunda Guerra Mundial - e também como uma forma de assegurar uma adicional fonte de renda para seu marido e sua filha, a quem ela legou os direitos sobre as obras - e ficaram guardados durante décadas no cofre de um banco.

Ordem do Império Britânico

Agatha Christie tornou-se Dama da Ordem do Império Britânico em 1971. Morreu em 1976, e desde então vários livros seus foram publicados pós-morte: o romance de sucesso Um Crime Adormecido apareceu mais tarde naquele ano, seguido pela sua autobiografia e pela coleção de pequenas histórias Os Casos Finais de Miss Marple, Problem at Pollensa Bay e Enquanto Houver Luz. Em 1998, Café Preto foi a primeira das suas peças a ser adaptada para o teatro por outro autor, Charles Osborne.

Hábitos

Agatha Christie foi co-presidente do Detection Club of London, um clube privado para autores de romances policiais, de 1958 até a sua morte. A escritora era conhecida por adorar maçãs, jogar golfe e tocar piano.

Estilo de Escrita

Agatha Christie, apesar de não gostar muito de falar em público, em sua Autobiografia, fala muito sobre seu estilo de escrita, a autora possuía uma vasta coleção de livros de Charles Dickens, PG Wodehouse e Lewis Carroll. Agatha também ganhou fama criando livros de mistério satirizando obras infantis, como foi o caso de Five Little Pigs. Em suas obras a autora frequentemente usava como espaço pequenas vilas ou aldeias inglesas, outro ponto comum, é que a maioria de suas obras tinha um médico.

Influências

Nas muitas horas do dia em que ficava com a mãe, entre estudos e música, Agatha tinha um intervalo no qual a mãe lia-lhe histórias e entre os principais autores lidos pela mãe estava Charles Dickens. Vendo a criatividade de Agatha, a mãe incentivou-a a criar um conto enquanto se recuperava de uma forte constipação. Agatha teve também o incentivo de Eden Phillpotts, teatrólogo e amigo da família. Quando já estava famosa Agatha revelou: "Durante muitos anos me diverti escrevendo histórias melancólicas em que a maioria dos personagens morria". Mas o gosto pelo gênero policial veio com a leitura das obras de Arthur Conan Doyle (criador do detetive Sherlock Holmes), de Edgar Allan Poe e principalmente com a leitura de O Mistério do Quarto Amarelo de Gaston Leroux.

Romances e contos com o título original, traduzido no Brasil e traduzido em Portugal:


The Mysterious Affair at Styles

O Misterioso Caso de Styles

O Misterioso Caso de Styles / A Primeira Investigação de Poirot

1920


The Secret Adversary

O Inimigo Secreto

O Adversário Secreto

1922


The Murder on the Links

Assassinato no Campo de Golfe

Poirot, o Golfe e o Crime / Crime no Campo de Golfe

1923



The Man in the Brown Suit

O Homem do Terno Marrom

O Homem do Fato Castanho

1924



Poirot Investigates (11 contos - Grã-Bretanha); 14 - EUA)

Poirot Investiga

As Investigações de Poirot

1924



The Secret of Chimneys

O Segredo de Chimneys

O Segredo de Chimneys

1925



The Murder of Roger Ackroyd

O Assassinato de Roger Ackroyd

O Assassinato de Roger Ackroyd

1926



The Big Four

Os Quatro Grandes

As Quatro Potências do Mal / Os Quatro Grandes

1927



The Mystery of the Blue Train

O Mistério do Trem Azul

O Mistério do Comboio Azul

1928



Partners in Crime (15 contos)

Sócios no Crime

O Homem que era o nº 16

1929



The Seven Dials Mystery

O Mistério dos Sete Relógios

O Mistério dos Sete Relógios

1929



The Murder at the Vicarage

Assassinato na Casa do Pastor

Encontro com um Assassino / Crime no Vicariato

1930



The Mysterious Mr. Quin (12 contos)

O Misterioso Sr. Quin

O Misterioso Mr. Quin

1930



Behind the Screen (com outros autores)

O Cadáver Atrás do Biombo

Por trás do biombo

1930



The Scoop (programa de rádio, com outros autores)

Um Furo Jornalístico


1931



The Floating Admiral (com outros autores)

A Morte do Almirante


1931



The Sittaford Mystery

O Mistério de Sittaford

O Mistério de Sittaford

1931



Peril at End House

A Casa do Penhasco

A Diabólica Casa Isolada / Perigo na Casa do Fundo

1932



The Hound of Death and Other Stories (12 contos)


O Cão da Morte

1933



Lord Edgware Dies

Treze à Mesa

A Morte de Lorde Edgware

1933



The Thirteen Problems (13 contos)

Os Treze Enigmas

Os Treze Problemas / Os Treze Enigmas

1933



Murder on the Orient Express

Assassinato no Expresso do Oriente

Um Crime no Expresso do Oriente

1934



Parker Pyne investigates (12 contos)

O Detetive Parker Pyne

Parker Pyne Investiga

1934



The Listerdale Mystery (10 contos)

O Mistério de Listerdale

O Mistério de Listerdale

1934



Why Didn't They Ask Evans?

Por que não Pediram a Evans?

Perguntem a Evans / Porque não Pediram a Evans?

1934



Three Act Tragedy

Tragédia em Três Atos

Tragédia em Três Actos

1935



Death in the Clouds

Morte nas Nuvens

Morte nas Nuvens

1935



The A.B.C. Murders

Os Crimes ABC

Os Crimes do ABC

1936



Murder in Mesopotamia

Morte na Mesopotâmia

Assassínio na Mesopotâmia / Crime na Mesopotâmia

1936



Cards on the Table

Cartas na Mesa

Cartas na Mesa

1936



Murder in the Mews (4 novelas)

Assassinato no Beco

Crime nos Estábulos

1937



Death on the Nile

Morte no Nilo

O Barco da Morte / Morte no Nilo

1937



Dumb Witness

Poirot Perde uma Cliente

Poirot Perde uma Cliente

1937



Appointment with Death

Encontro com a Morte

Morte entre as Ruínas / Encontro com a Morte

1938



Ten Little Niggers / And Then There Were None (o primeiro título é o da Grã-Bretanha e o segundo, dos EUA)

O Caso dos Dez Negrinhos / E Não Sobrou Nenhum

Convite para a Morte / As Dez Figuras Negras

1939



Murder Is Easy

É Fácil Matar

Matar é Fácil

1939



Hercule Poirot's Christmas

O Natal de Poirot

O Natal de Poirot

1938



The Regatta Mystery and Other Stories (9 contos)

O Mistério da Regata e Outras Histórias

O Mistério da Regata e Outras Histórias

1939



Sad Cypress

Cipreste Triste

Poirot Salva o Criminoso

1940



Evil Under the Sun

Morte na Praia

As Férias de Poirot / Morte na Praia

1941



N or M?

M ou N?

Tempo de Espionagem

1941



One, Two, Buckle My Shoe

Uma Dose Mortal

Os Crimes Patrióticos

1940



The Body in the Library

Um Corpo na Biblioteca

Um Corpo na Biblioteca

1942



Five Little Pigs

Os Cinco Porquinhos

Poirot Desvenda o Passado / Os Cinco Suspeitos

1943



The Moving Finger

A Mão Misteriosa

O Enigma das Cartas Anónimas

1942



Towards Zero

Hora Zero

Contagem Zero / Na Hora H

1944



Sparkling Cyanide

Um Brinde de Cianureto

À Saúde da... Morte / Um Brinde à Morte

1945



Death Comes as the End

E no Final a Morte

Morrer não é o Fim

1945



The Hollow

A Mansão Hollow

Poirot, o Teatro e a Morte / Sangue na Piscina

1946



The Labours of Hercules (12 contos)

Os Trabalhos de Hércules

Os Trabalhos de Hércules

1947



Taken at the Flood

Seguindo a Correnteza

Arrastado na Torrente / Maré de Sorte

1948



The Witness for the Prosecution and Other Stories (11 contos - só EUA)

Testemunha de Acusação


1948



Crooked House

A Casa Torta

A Última Razão do Crime / A Casa Torta

1949



Three Blind Mice and Other Stories (9 contos - só EUA))

Os Três Ratos Cegos e Outras Histórias

A Ratoeira(ou Três Ratos Cegos) e Outras histórias

1950



A Murder Is Announced

Convite para um Homicídio

Participa-se um Crime / Anúncio de um Crime

1950



They Came to Baghdad

Aventura em Bagdá

Encontro em Bagdade / Intriga em Bagdade

1951



They Do It with Mirrors

Um Passe de Mágica

Jogo de Espelhos

1952



Mrs McGinty's Dead

A Morte da Sra. McGinty

Poirot contra a Evidência / Mrs. McGinty está Morta

1952



A Pocket Full of Rye

Cem Gramas de Centeio

Centeio que Mata / Um Punhado de Centeio

1953



After the Funeral

Depois do Funeral

Os Abutres

1953



Hickory Dickory Dock

Morte na Rua Hickory

Poirot e os Erros da Dactilógrafa / Crime em Hickory Road

1955



Destination Unknown

Um Destino Ignorado

Destino Desconhecido

1954



Dead Man's Folly

A Extravagância do Morto

Poirot e o Jogo Macabro / Jogo Macabro

1956



4.50 from Paddington

A Testemunha Ocular do Crime

O Estranho Caso da Velha Curiosa / O Comboio das 16h50

1957



Ordeal by Innocence

Punição para a Inocência

Cabo da Víbora

1958



Cat Among the Pigeons

Um Gato Entre os Pombos

Poirot e as Jóias do Príncipe

1959



The Adventure of the Christmas Pudding (6 contos)

A Aventura do Pudim de Natal

A Aventura do Pudim de Natal / A Aventura do Bolo de Natal

1960



The Pale Horse

O Cavalo Amarelo

O Cavalo Pálido

1961



The Mirror Crack'd from Side to Side

A Maldição do Espelho

O Espelho Quebrado

1962



The Clocks

Os Relógios

Poirot e os 4 Relógios

1963



A Caribbean Mystery

Mistério no Caribe

Mistério nas Caraíbas

1964



At Bertram's Hotel

O Caso do Hotel Bertram/A mulher Diabólica

Mistério em Hotel de Luxo

1965



Third Girl

A Terceira Moça

Poirot e a Terceira Inquilina

1966



Endless Night

Noite Sem Fim

Noite Sem Fim

1967



By the Pricking of My Thumbs

Um Pressentimento Funesto

Caminho para a Morte

1968



Hallowe'en Party

A Noite das Bruxas

Poirot e o Encontro Juvenil

1969



Passenger to Frankfurt

Passageiro para Frankfurt

Passageiro para Frankfurt

1970



Nemesis

Nêmesis

Nemesis

1971



The Golden Ball and Other Stories (15 contos - só EUA)

A Mina de Ouro


1971



Elephants Can Remember

Os Elefantes Não Esquecem

Os Elefantes Não Esquecem / Os Elefantes têm Memória

1972



Postern of Fate

Portal do Destino

Morte pela Porta das Traseiras

1973



Poirot's Early Cases (18 contos)

Os Primeiros Casos de Poirot

Ninho de Vespas

1974



Curtain

Cai o Pano

Cai o Pano (O Último Caso de Poirot)

1975



Sleeping Murder

Um Crime Adormecido

Crime Adormecido

1976



Autobiography

Autobiografia

Autobiografia

1979



The Under Dog, Second Gong, Sanctuary and Other Stories

Poirot Sempre Espera e Outras Histórias


2008



Spider's Web

A Teia da Aranha


2008



While the light lasts]

Enquanto houver Luz e outros contos de suspense


1996 (organizado)



The harlequin tea set and other stories

Poirot e o mistério da arca espanhola & outras histórias


1996 (organizado}


*Ano de lançamento da versão original, não da brasileira ou portuguesa. Também não significa necessariamente o ano em que o livro foi escrito.


Teatro

1930 Black Coffee - Adaptada para o formato de romance por Charles Osborne, publicado em 1997
1931 Chimneys - Adaptação para o teatro de seu romance The Secret of Chimneys, de 1925
1937 Akhnaton - A ação se passa no Egito Antigo, na época do faraó Akhenaton ou Amenófis IV, sua esposa Nefertiti e seu sucessor, Tutancâmon. Publicada em 1973
193? A Daughter's a Daughter - Escrita no final da década. Adaptada em 1952 para o formato de romance, que foi publicado sob o pseudônimo de Mary Westmacott
1943 And Then There Were None (Os Dez Indiozinhos) - Adaptação para o teatro de seu romance Ten Little Niggers/And Then There Were None, de 1939
1945 Appointment with Death (Encontro com a Morte) - Adaptação para o teatro de seu romance do mesmo nome, de 1938
1946 Murder on the Nile/Hidden Horizon - Adaptação para o teatro de seu romance Death on the Nile, de 1937
1951 The Hollow (O Refúgio) - Adaptação para o teatro de seu romance do mesmo nome, de 1947
1952 The Mousetrap (A Ratoeira) - Não se baseia em nenhuma outra obra anterior. Apresentada ininterruptamente desde 1952 em palcos londrinos
1953 Witness for the Prosecution (Testemunha de Acusação) - Baseada no conto constante do volume Witness For The Prosecution and Other Stories, de 1948
1954 Spider's Web - Não se baseia em nenhuma obra anterior. Adaptada para o formato de romance por Charles Osborne, publicado no ano 2000
1956 Towards Zero (A Hora H) - Adaptação para o teatro de seu romance Towards Zero, de 1944. Escrita com Gerald Verner
1958 Verdict (Veredito) - Não se baseia em nenhuma outra obra anterior
1958 The Unexpected Guest (Um Hóspede Inesperado) - Adaptada para o formato de romance por Charles Osborne, publicado em 1999
1960 Go Back for Murder (Retorno ao Assassinato)
1962 Rule of Three - Três peças de um ato cada: Afternoon at the Seaside, The Rats e The Patient
1972 Fiddler's Three - Originalmente escrita com o título de Fiddler's Five, não chegou a ser publicada

* Os títulos em Português referem-se às edições brasileiras

Material não publicado

Neve no Deserto (novela romântica)
O Pateta de Greenshore (romance policial, com Hercule Poirot, expandido para a novela Dead man's Folly - A extravagância do morto)
Chamada Pessoal (novela de rádio em tom sobrenatural, introduzindo o Inspetor Narracott - o "British National Sound Archive" - Arquivo Sonoro Britânico - dispõe de uma gravação)
Manteiga num Prato de Alta Posição (novela de rádio de suspense policial, adaptado de The Woman and the Kenite)
O Portão Verde (sobrenatural)
A Noiva de Guerra (novela romântica/sobrenatural)
O Caso da Bola do Cão (conto, com Poirot, expandido para o romance Dumb Witness e relacionado com o conto: Como cresce o teu jardim?)
A mulher e o Kenite (horror)
Mais Forte Que A Morte (sobrenatural)
Sendo Voluntário Demais (novela romântica)
A Última Sessão de Espiritismo (peça de teatro)
Alguém à Janela (peça de teatro policial, adaptada do conto The Dead Harlequin)

Adaptações para o cinema

A obra de Agatha Christie foi sempre bem-vinda ao cinema. Ao longo dos últimos 78 anos, Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence, Mr. Quin, Parker Pyne, e muitos outros personagens têm sido retratados em inúmeras ocasiões:
1928 Die Abenteuer G.m.b.H. (O adversário secreto)
1928 The Passing de Sr. Quinn
1931 Alibi
1931 Café preto
1934 A morte do Senhor Edgware
1937 Amor de um estrangeiro
1945 Os Dez Negrinhos
1947 Love From A Stranger
1957 Witness for the Prosecution
1960 The Spider's Web
1962 Crime,disse ela (Baseado em 4.50 From Paddington)
1963 Murder at the Gallop (Baseado em "Depois do Funeral")
1964 Murder Most Foul (Baseado em Mrs. McGinty's Dead)
1964 Ahoy, Assasssinio! (Um filme original não baseado em nenhum dos livros, embora utilize alguns elementos do livro "Um passe de mágica")
1966 10 Pequenos Indianos
1966 Os Assassinios do Alfabeto (Baseado em "Os Crimes ABC")
1972 Noite Infinita
1974 Assassinato no Expresso do Oriente
1975 10 pequenos indianos
1978 Morte no Nilo
1980 Espelho Quebrado
1982 Morte ao Sol
1984 Ordeal by Innocence
1988 Um Encontro com a morte
1989 10 pequenos indianos

Adaptações Para a Televisão

Agatha Christie's Poirot, Exibida pela ITV, produzida na Inglaterra no formato de Série
Agatha Christie no Meitantei Poirot to Marple, exibida pela NHK, produzida no Japão em estilo Animê



*Fonte: Wikipédia.






Este poema vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news03/article.php?storyid=1395