era o beijo!

Publicado em 30/06/2016 02:22:11 | Tópico: Luis R. Santos (Aquazulis)


~
falaram de ti como se a anunciar a vinda
da Primavera.
mas já flor te via à minha lapela, esfolhada
por hálitos de pinheiro e cipreste.
o céu clareou e cantaram o teu nome..
a alma das coisas fremiu quando ao lábio te levei. houve
um súbito raio. uma nesga no Tempo. um silêncio
que alterou a cadência universal.
era o beijo!
era as bocas em duelo! era a febre! o aperto! a fome! a pilhagem! o rapto!
a asfixia! a canção! o ardor das águas em tumulto!..
e os nossos corpos
a leitos muitos do chão!


~


Luís R Santos


Este poema vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news03/article.php?storyid=8453