https://www.poetris.com/

26/06/2007 Para Alemtagus
Valdevinoxis

Colaborador

É disto que eu falo! Continuas a ter uma postura arrogante e pouco polida para com os outros utilizadores.
Repara nisto a título de exemplo:

-"...pois até eu erro"? Até tu? Infeliz e indicativo de superioridade.

-"...moldes que se pretendem"? Quem é que pretende o quê?

-"É mais difícil criticar que escrever poesia, mas ainda mais difícil é ter capacidade de saber ler uma crítica." Então que seja o poema a criticar a crítica! Afinal qual é que é a obra?

A única coisa que se pede, não tem nada a ver com o calares o que tens a dizer. Tem, sim, com fazê-lo de forma humilde, assertiva e sem deixar margem a melindres desnecessários. Isto não para as pessoas se andarem a chatear umas com as outras. É para todos conviverem em harmonia e poderem escrever sem pensar que alguém vai dizer "Isto não presta!".
Diz o que tens a dizer, ninguém to proíbe, mas pensa que do outro está alguém que lê e sente o que leu.
Só se pede atenção e cuidado, não que não digas o que pensas.

Valdevinoxis

 


Links patrocinados